20070104

Más Influências...

Lembro-me na altura da Universidade de ficar amigo de uma miúda muito porreira. Na altura ela namorava há já dois anos com o rapaz com quem tinha perdido a virgindade e apesar de muito extrovertida portava-se sempre muito bem nas nossas (até aí) raras saídas à noite.
No meu segundo ano acabávamos por estar juntos tardes inteiras e acabei por convencê-la a começar a sair à noite um bocadinho mais. Pouco tempo depois acabou com o namorado.
Acho que não tenho um poder persuasivo muito grande, mas tenho tendência a ficar amigo de pessoas que estão desertas para "sair da casca". Sei que a partir do segundo semestre já era ela a ir buscar-me a casa com um garrada de vodka na mão, e pouco tempo antes dos exames até já da minha erva caseira fumava - fui o "padrinho" dela.
No terceiro ano aconteceu mais ou menos o mesmo. Outra rapariga, com quem andei durante alguns meses, começou a fumar erva comigo também, a ir a festas e a ultrapassar barreiras que se tinha imposto durante demasiado tempo. Nessa altura comecei a pensar que eu era daquelas "más influências" contras as quais as mães avisam as filhas.
Ora chega a passagem de ano 2006/07 e sou padrinho mais uma vez: desta vez mais internacional, verdade, mas de um rapaz de 25 anos que nunca tinha fumado sequer uma vez. Será que sou assim tão má influência? Ou será que comigo as pessoas se sentem à vontade para fazer coisas que até aí não se atreviam?
Na minha opinião a última hipótese está mais correcta. Destas três pessoas, a primeira está praticamente casada actualmente, a segunda ouvi dizer que se tinha enterrado em cenas mais pesadas e há cerca de 3 anos que não ouço nada dela. Este rapazinho... desde que o conheci que era "atinadinho" demais. Nada contra, de facto dou-me bem com os mais variados tipos de pessoas.
Tão atinadinho que quando me perguntou a minha opinião sobre ele eu disse exactamente isso... you think too much and you're too uptight.

Well not anymore. ;)

8 comentários:

Aequillibrium disse...

és terrivel...

Morgan disse...

Morganaaaaaaa!!! Chamaram-me terrivel!!!! Vá defende a minha honra e diz lá que até sou um rapazinho simpático e bem comportado... ehem... ;)

Morgana disse...

eheheh,se bem me lembro,eu fui a tua madrinha. Não digo que sejas terrivel, diria que o termo mais adquado para ti será Reguila. isso sim, sem dúvida!

Dark disse...

I want a Godfather :|

Morgan disse...

benvenuto alla famiglia, dark :)

Aequillibrium disse...

serás então um reguila terrível?

LOL

;)

João disse...

Quando voltas?
;)

Morgan disse...

Em breve... muito em breve :)