20070131

pesca tradicional

Perto da minha terra natal ainda se pode ver a pesca tradicional onde os pescadores deitam a rede ao mar e depois se junta uma multidão à volta quando a retiram. Primeiro sai o pescado grosso e para o fim já são menos os peixes (sardinhas normalmente) que saltam das redes. No final mesmo só algumas ainda saltam no bater das ondas (miudezas...) até que finalmente alguns peixes morrem na praia, a secar ao sol.

É assim muita da vida nocturna de todo o mundo. Primeiro sai o grosso da pesca. Depois as sobras tentam desenrascar-se como podem, quando só há peixe miúdo. Na calmaria a noite morre e fecha-se a faina. Algum peixe seca na areia... outro, mais forte, regressa à água para ser apanhado talvez noutro dia, talvez nunca.

Não tenciono ser apanhado.

E se for, sou peixe de aquário, não de prato principal.

1 comentário:

COCOnaVENTOINHA disse...

PAra o fim ainda entram os abutres a alimentar-se da carne morta. Depois disso só ficam os que estão a observar por puro interesse científico.