20070118

sim? ou não?

Acho isto inacreditável...
O referendo do dia 11 de Fevereiro confunde muito a cabeça das pessoas.
Só me apetece chamar burras a algumas!
Não vamos votar a favor do aborto ou contra. Vamos votar sim, mas para legalizar o aborto ou não.
Eu pessoalmente sou contra o aborto, mas sou a favor da legalização do mesmo.
Sim, porque o objectivo desta votação será simplesmente o de dar liberdade às pessoas no sentido de realizar um aborto com segurança no seu próprio país.
Vejamos:
o que é que é melhor? uma mulher fazer um aborto em condições miseráveis e pôr a sua vida em risco (ou então ir a Espanha "engordar" monetáriamente algumas clínicas), ou fazê-lo em condições de segurança e depois então "lidar" com a sua consciência?
Nunca tive que tomar essa decisão (a de abortar), mas se algum dia o tiver que fazer prefiro que seja em segurança.
Agora, a consciência é de cada um de nós, se depois conseguimos (com)viver com isso ou não.
Esta não é uma questão de "matar" ou "não matar", mas sim de decidir se o podemos fazer em condições humanas.

Já agora, vejam o Children of Men. E se fosse ao contrário? Se dependesse de vocês ter que dar continuação à Humanidade? Se todas as pessoas fossem estéreis? o que é que vocês fariam?

Isto é só a minha opinião, mas como em tudo na minha vida, EU SOU A FAVOR DA LIBERDADE DE ESCOLHA!

2 comentários:

iLoveMyShoes disse...

A liberdade de escolha... já viste o contracenso Morgana? Nós temos a liberdade de escolha sobre a liberdade de escolha de alguns, neste caso algumas... Mas percebo a tua indignação, a mim apetece-me mais do que chamar burras às pessoas, bater-lhes mesmo! E assusta-me pensar que há muito gente que vai vetar esta... liberdade de escolha.

Aequillibrium disse...

Eu continuo firme na minha opinião.
Mas ainda não sei o que votar...