20070328

Se...

Se eu fosse uma hora do dia seria... 9 da manhã.
Se eu fosse um planeta ou astro seria... a lua.
Se eu fosse uma direcção seria... esquerda, com leves nuances de direita...
Se eu fosse um móvel seria... cadeira de baloiço.
Se eu fosse um líquido seria... água.
Se eu fosse um pecado seria... o inferno.
Se eu fosse uma pedra seria... preciosa.
Se eu fosse uma árvore seria... uma macieira do paraíso de Adão e Eva.
Se eu fosse um fruto seria... uma maçã, ácida com laivos de doçura...
Se eu fosse uma flor seria... de papel.
Se eu fosse um clima seria... tropical.
Se eu fosse um instrumento músical seria... desafinada.
Se eu fosse um elemento seria... terra.
Se eu fosse uma cor seria... verde a fugir para o castanho.
Se eu fosse um animal seria... uma gata.
Se eu fosse um som seria... sussurro.
Se eu fosse uma música seria..."viðrar vel til loftárása" dos Sigur Rós
Se eu fosse eu fosse um estilo de música seria... rock e pop e electro e tudo o que me faça bem à alma.
Se eu fosse um sentimento seria... um poema.
Se eu fosse um livro seria... "As horas"
Se eu fosse uma comida seria... polvo no forno
Se eu fosse um lugar seria... New York.
Se eu fosse um gosto seria... chocolate.
Se eu fosse um cheiro seria... woman by Hugo Boss
Se eu fosse uma palavra seria... dicionário.
Se eu fosse um verbo seria... conhecer.
Se eu fosse um objecto seria... um lápis.
Se eu fosse uma parte do corpo seria... mãos.
Se eu fosse uma expressão facial seria... um sorriso.
Se eu fosse uma personagem de desenho animado seria... Cheetara
Se eu fosse um filme seria... "O fabuloso destino de Amélie Poulain".
Se eu fosse uma forma seria... plasticina, para me moldar como quisesse.
Se eu fosse um número seria... 24.
Se eu fosse uma estação seria... Inverno.
Se eu fosse uma frase seria... as reticências...

Se eu fosse...

Se eu fosse uma hora do dia seria... 5 da manhã.
Se eu fosse um planeta ou astro seria... a lua.
Se eu fosse uma direcção seria... esquerda, depois segue, segue, segue...
Se eu fosse um móvel seria... um puff.
Se eu fosse um líquido seria... água.
Se eu fosse um pecado seria... lust for life.
Se eu fosse uma pedra seria... uma pedra ;)
Se eu fosse uma árvore seria... um chorão :D
Se eu fosse um fruto seria... proibido.
Se eu fosse uma flor seria... uma orquídea selvagem.
Se eu fosse um clima seria... tropical.
Se eu fosse um instrumento músical seria... um sintetizador eheh
Se eu fosse um elemento seria... fogo.
Se eu fosse uma cor seria... preto... e laranja. (wink)
Se eu fosse um animal seria... um gato vadio.
Se eu fosse um som seria... o som do mar.
Se eu fosse uma música seria... "off he goes", pearl jam.
Se eu fosse eu fosse um estilo de música seria... Trip Hop. ou electro. ou rock. ou pop depende do dia.
Se eu fosse um sentimento seria... demasiado complicado para explicar.
Se eu fosse um livro seria... "A Praia" de Alex Garland.
Se eu fosse uma comida seria... um "quente & frio"
Se eu fosse um lugar seria... New York.
Se eu fosse um gosto seria... baunilha.
Se eu fosse um cheiro seria... Red Delicious ;).
Se eu fosse uma palavra seria... labirinto.
Se eu fosse um verbo seria... experimentar.
Se eu fosse um objecto seria... um espelho.
Se eu fosse uma parte do corpo seria... os olhos.
Se eu fosse uma expressão facial seria... enigmático.
Se eu fosse uma personagem de desenho animado seria... Towelie.
Se eu fosse um filme seria... Magnolia.
Se eu fosse uma forma seria... fractal.
Se eu fosse um número seria... 19.
Se eu fosse uma estação seria... Primavera.
Se eu fosse uma frase seria... demasiado curto, prefiro o texto completo.

(Desafiado pelo .Ypslon)

20070323

It's all 'bout genes...

Primas. Festa da Vodka (ananás ou maçã, não se pode entrar em exageros de limão ou laranja). A €1.50, é bem.
Passeia-se pelo bairro. 3 gayjos.
-Pois eu lembro-me quando era puto e tinha dor de barriga a minha mãe dizia que devia ser o período que estava para vir. E se tinha fome atirava um "Tens fome come um homem!". Se calhar era com intenções canibalísticas, mas não tenho culpa que ela não me tenha explicado a semântica da coisa... Pá... filho único de mãe solteira... O que é que se podia esperar?
Passa um gajo negro. Diz para os amigos:
- Paneleiro...!
E eu penso (não ouvi logo, contaram-me depois):
- E tu és preto. E?

20070321

odiozinhos de estimação

ODEIO andar nos autocarros da Carris.

Não é por causa dos constantes atrasos.
Não me faz diferença o mau humor contínuo dos motoristas.
Nas curvas apertadas, sim, tenho receio que o braço do heroinómano que se está a segurar à minha frente se rasgue pelo picotado. Mas nem é isso o pior.
Sim, também me faz confusão quando os velhotes praticamente me abraçam em tentativas de- espero- segurança. Mas com isso vivo eu bem.
Cheiros intensos de sovacão ou patchouli? Apalpões disfarçados por um "Ai, desculpe"? Nada que o metro não me tenha habituado.

O que realmente me ENFURECE é quando durante meia hora um puto giro farta-se de me fazer olhinhos do outro lado do autocarro e de repente sai e eu nem sequer tive hipótese de falar com ele.

(Já agora, e se tivesse... o que é que se diz nestas situações?)

O desassossego do dia 21


O disfarce irreal da consciência serve somente para destacar aquela consciência que não disfarça.


A sede de ser completo deixou-me neste estado de mágoa inútil.

Envelheci pelas sensações... Gastei-me gerando os pensamentos... E a minha vida passou a ser uma febre metafísica, sempre descobrindo sentido oculto nas coisas...

20070319

autofagia

geração fast-food.

you like McFucks. why bother.

noites passadas em branco.
pessoas que fogem, outros que deixas partir, uns que não deixas aproximar...
e tu, tu, tu, tu, tu... e tu.

slut

tu que chegas perto de mim e me sentes o cheiro enquanto eu me afasto assustado.

scared? not now leopold, I've got a headache...

alguém dorme, outro sonha, e eu com desejos de embriaguez contínua.
vem comigo.

ok.

hoje não.
hoje não posso, amanhã talvez (que palavra violenta, o "talvez"), ontem começou cedo demais.
(pausa com significado)
agora sou cadáver numa marquise onde o médico-legista me corta as entranhas para saber o que se passa comigo.
o que se passou comigo.

had fun, boy?

memórias perdidas em névoas densas fundidas com psicotrópicos.
branco. negro. cinzento.
desapareço lentamente, consumo cada célula do meu corpo.

It's better to burn. than to fade away.

então saio mais uma noite, perco-me na falta de sentido

makes much more sense

não, não te aproximes de mim...
... mas o monstro precisa de amigos.
... mas o monstro precisa de...
... o monstro quer...
... o monstro perde-se.

oh spare me. stop being such a drama queen and enjoy.

20070316

The more I give to you...

...the more I DIE!

speak through lyrics

Beg the bee's forgiveness as it's falling from your sleeve
Watch its guts pump poison into sting
Watch it reach completeness, see it fall asleep
Legs above fold in eternal dream

Oh that calls to mind a joke, an off coloring
About these fools blindfolded, drugged, and raped and left laughing
They let the devil in, he brought his pirate friends
They brought a hunger for blood, and flesh and bone and skin

So teeth left chattering, and tongues flexed to sing
Got dressed up in so many fancy things
Is it a waste of time, please tell me if you mind
Me dipping into useless sentimentality

A rant on how things used to be when this shit was free
I answered my own question, I can hear the crickets yawning
But in the back pocket of a discarded pair of jeans
Is still a priceless ticket to the grandest opening

So when the chariot arrives, you'd best enjoy the ride
Cause when we get to heaven's gate, we're not getting inside

Better beg forgiveness
Better drop to knees
Better find your ticket
Before we join the bees

TV On The Radio "Let The Devil In"

20070315

aequillibrium

qual é a proporcionalidade da amizade que tens por uma pessoa em relação à violência que consegues aguentar dela?

20070311

FINALMENTE o meu fds em lisboa

As minhas politikas:

Em honra ao gonn1000 as manhas são a consequencia das noites.
Ser straight é a consequencia de não ser gay.
E já agora, eu nunca vou almoçar com o hello rufus, dormir é naquela, já almoçar NUNCA!
Quando se vomita no meio de um sítio onde-há-show-de-travecas ter a certeza que ninguém me vai reconhecer na próxima vez que o frequentar... mesmo se me sentir abandonada pelo co-autor deste blog e pelo autor do último blog a ser mencionado (goodbye rufus, avisa quando bazas, tá?)
Um broche é muito à frente, mas quando é muito atrás o pessoal desconfia.

20070305

Are you in?

Em conversas de sms, acerca do concerto de Incubus...
Ele: Great gig!
Eu: Com ou sem t-shirt?
Ele: Sem!
Eu: Sim, também já os vi...
Ele: Gosto da postura dele!
Chama-lhe postura chama...

20070303

question

Qual é o tempo médio que leva, numa relação de amizade entre gayjos, para que toda a gente já tenha comido toda a gente?

20070302

o amor

tal como a religião, o amor foi inventado pelo homem para fugir à crua realidade que passamos a vida sozinhos e morremos sozinhos.

ponto final.

ass: Morgan, o Cínico.

20070301

geisha

Geisha. Este é nas últimas semanas o meu nick entre amigos. Ok, eles inserem um "puta" antes, mas isso são detalhes de menor importância. Afinal, além da minha cara Morgana-a-puta-freira, tenho andado a sair com a "puta-mor", a "puta introvertida", a "puta fácil" e a "puta fufa".
Mas gostei especialmente da parte em que na wikipedia se diz que o das gueixas "É um mundo privado, misterioso e para poucos".
Poucos.
insert sarcasm
Pelo menos de cada vez.
sarcasm off

aqui me confesso - a minha educação católica

se chalhar é porque nem sempre sou propriamente eu (seja lá o que isso for)...
se calhar é subjectivo, se calhar não me deixo...
E há dias em que sou sincera: voces não me conhecem de lado nenhum,
e fuck, show me what you have,
vale o sacrificio? usar estas faces? ser assim? seguir estas regras?
será que vale o esforço?
acreditar?
vale o esforço?
será?