20090720

Serviço Público

Para as dezenas de pessoas que vêm aqui parar pelo Google à procura de informação sobre a smart shop do Bairro Alto, informa-se que esta se chama "Cogumelo Mágico" e localiza-se na Rua Luz Soriano, nº29.
Pronto. É que devia ser frustrante chegar aqui e só encontrar isto...

20090717

I am the storm and I am the wonder and the flashlights nightmares sudden explosions*

And all is well that does not end, and that is good.

Never ending nights popping eyes open, inquisitive shades wondering and learning.

Strangely beautiful meaningless people.

Le Marais, or maybe just a small building, or a house over the hills, or nothing at all because now is right here.

Lips lost in time, when time is so meaningless.

The warmth.

A gentle goodbye with a kiss stolen from the sunrise.

Innocence and guilt rolled up in one.

I get no sleep.

*Royksopp, "What else is there"

20090716

message in a bottle :D

Here comes another day in isolation
hold out your hand
feel my brain burns
you suck and lick but you still don't know why
I could fuck your brains out
but I'm not interested in that life

20090715

... hotline...

Hello and welcome to the mental health hotline.

-If you are Obsessive Compulsive, press 1 repeatedly.

-If you are Codependent, ask someone to press 2 for you.

-If you are Multiple Personality, pres 3 – 4 – 5 – 6

-If you are Paranoid, we know what you are, what you want. Stay on the line and we’ll trace your call.

-If you are Delusional, press 7 and your call will be transferred to the mothership.

-If you are Schizophrenic, listen carefully and a small voice will tell you which number to press.

-If you are Depressive, it doesn’t matter which number you press noone will answer you.

-If you are Dyslexic, press 69696969

-If you have a Nervous Disorder, please fidget with the hash key until the beep, after the beep please wait for the beep.

-If you have a Short Term Memory Loss, please try your call again later.

-And if you have No Self-Esteem, hang up all our operators are too busy to talk to you.

20090711

boy toy

Já gostei mais dos Placebo - uma cena da idade I guess.



Mas os meninos, com a partida de Steve Hewitt, arranjaram um novo boy toy. O puto tem muito estilo para um baterista e mexe-se que nem louco.



Aha. Giro.

20090708

A devil's child with dove wings



All those beautiful boys
Pimps and queens and criminal queers...
All those beautiful boys
Tattoos of ships and tattoos of tears...

20090626

contrastes

é impressionante como num dia podemos estar a celebrar a alegria de viver e no dia a seguir a ser recordados de como tudo é passageiro.

perder alguém que um dia tanto significou para nós - que faz(ia) parte de nós - é violento, cruel, injustificável... e a única certeza da vida.

(em teu nome, em nome do teu sorriso que marcou toda a gente que te conheceu, em nome de tudo aquilo que vivemos, de tudo aquilo que ainda tínhamos o direito de viver... estás sempre connosco)

20090622

regresso a saturno

Não pretendo ser dono da verdade.

Nunca.

Sei apenas o que sinto, o que chega aos meus olhos e o inegável, seja isso o que for. Sei que existem pessoas próximas (outras distantes mas sempre tão aqui), pessoas bonitas (outras que preferem ser feias por motivos que não tento sequer compreender), pessoas que, como me tinha acontecido a mim, se esqueceram (por momentos?) que nem tudo tem que ser negro e cínico.
Por muito tempo esquecera-me do sorriso inevitável, do abraço espontâneo, do olhar límpido. Tudo era frio, desconfiança e amargura...


Hoje...


Faz-me bem que os meus amigos não me tenham esquecido - e dei-lhes tanta razão para isso... Faz-me bem que, frequentemente alheios a tudo pelo que tenho andado a passar, me digam que ando mais... eu próprio.

A vida pode ser simplesmente boa para ti, só porque sim (meu deus como amo viver).


summer petals

20090421

XXX em Madrid

- Vá, temos que ir espreitar.
- LOL, tá bom, bora lá.
Entramos. O ambiente é escuro e a média de idades anda muito perto dos 40 pra cima - provavelmente por isso é que nos deixaram entrar "à vontade".
O bar, "Eagle", é um dos múltiplos que têm espaços para tudo e mais alguma coisa, e a curiosidade tinha que levar a melhor. Entramos e ficamos na boa, ninguém abusa da confiança. Estão várias pessoas espalhadas pelo espaço, com vários níveis de adereços adequados ao fetiche. Bebemos uma cerveja. Entramos para lá da porta dos cortinados. Parece que é ainda cedo e não se passa nada demais, o ambiente parece bastante "familiar" no sentido em que toda a gente se conhece- nós somos os estranhos.
- Vamos acabar de beber e bazar, ya?
- LOL sim, mesmo.
Reparo que alguém comenta o factor "novatos". Estou sentado num banco (ou algo parecido, a mobília era útil, mas acho que não destinada para sentar simplesmente) e um senhor põe-se de rabo levantado directamente à minha frente (ou seja, com os braços um de cada um dos meus lados) a levar tatau de um outro.
30 segundos e devem ter achado que já me tinham chocado. Na realidade estava simplesmente a achar divertida a situação - da parte deles também estavam apenas a gozar connosco (fair enough, o que serve para um lado também serve para o outro).
Acabamos a cerveja.
À saída recebemos um "voltem sempre", enquanto que a outras pessoas impediam a entrada por não estarem equipados a preceito...

Enfim.

As noites leather de Madrid...

20090419

Hoje já não faço anos.

No tempo em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu era feliz e ninguém estava morto.
Na casa antiga, até eu fazer anos era uma tradição de há séculos,
E a alegria de todos, e a minha, estava certa como uma religião qualquer.

No tempo em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu tinha a grande saúde de nãa perceber coisa nenhuma,
De ser inteligente para entre a família,
E de não ter as esperanças que os outros tinham por mim.
Quando vim a ter esperanças, já não sabia ter esperanças.
Quando vim a olhar para a vida, perdera o sentido da vida.

Sim, o que fui de suposto a mim-mesmo,
O que fui de coração e parentesco,
O que fui de serões de meia-província,
O que fui de amarem-me e eu ser menino,
O que fui - ai, meu Deus!, o que só hoje sei que fui...
A que distância!...
( Nem o acho...)
O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!

O que sou hoje é como a humidade no corredor do fim da casa,
Pondo grelado nas paredes...
O que sou hoje (e a casa dos que me amaram treme através das minha lágrimas),
O que eu sou hoje é terem vendido a casa,
É terem morrido todos,
É estar eu sobrevivente a mim-mesmo como um fósforo frio...

No tempo em que festejavam o dia dos meus anos...
Que meu amor, como uma pessoa, esse tempo!
Desejo físico da alma de se encontrar ali outra vez,
Por uma viagem metafísica e carnal,
Com uma dualidade de eu para mim...
Comer o passado como pão de fome, sem tempo de manteiga nos dentes!

Vejo tudo outra vez com uma nitidez que me cega para o que há aqui...
A mesa posta com mais lugares, com melhores desenhos na loiça, com mais copos,
O aparador com muita coisas - doces, frutas, o resto na sombra debaixo do alçado -
As tias velhas, os primos diferentes, e tudo era por minha causa,
No tempo em que festejavam o dia dos meus anos...

Pára, meu coração!
Não penses! Deixa o pensar na cabeça!
Ó meu Deus, meu Deus, meu Deus!
Hoje já não faço anos.
Duro.
Somam-se-me os dias.
Serei velho quando o for.
Mais nada.
Raiva de não ter trazido o passado roubado na algibeira!...

O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!...

Álvaro de Campos, "Aniversário"

20090325

Ahahahahahahah

aha ha haha aha aha ha h ahaa ha ha ha ha aahahahahahaha a haha ha ha ahaha hah...

(expira... inspira...)

ahaha ha ha ahha ahaha a ha ha ha hah aha aha ahah ah aah

(acabei de visitar esta pérola de site. Inclui valiosa informação tal como:

"Hetracil is the world's most widely prescribed anti-effeminate"

"You should know that the recommended length of treatment with an anti-effeminate is 6 to 12 months, because one of the long-term goals of treatment is to keep Homosexuality from troubling you again."

"Many healthy men can identify with having some of the symptoms of homosexuality, such as experiencing sexual fantasies about other men; But Homosxuality is diagnosed only when these activities take at least an hour a day, are very distressing, and interfere with daily life."

At least an hour a day.

Esta acho especialmente fabulosa.)

20090312

Ainda no egoismo

Estou viva, mas pelos vistos a minha fase egoista está para durar. Não sei quando vai passar, nem quando volto. A isto se chama crise existêncial de primavera (seja lá o que isso for).

Agora vou num instantinho dar uns ares de altruismo e partilhar aqui uma musiquinha engraçada.

20090217

20090212

Altruismo vs Egoismo

Altruísmo
Percebida muitas vezes como sinónimo de solidariedade, a palavra "altruísmo" foi criada pelo filósofo francês Augusto Comte para caracterizar o conjunto das disposições humanas (individuais e colectivas) que inclinam os seres humanos a dedicarem-se aos outros.

Egoísmo
(ego + ismo) é o hábito ou a atitude de uma pessoa colocar seus interesses, opiniões, desejos, necessidades em primeiro lugar, em detrimento (ou não) do ambiente e das demais pessoas com que se relaciona.


A + E = C(oerência)

Neste momento o C não existe em mim...

20090210

Fata Morgana


O efeito de Fata Morgana é um efeito de ilusão óptica.

Trata-se de uma miragem. Ilhas, falésias, barcos ou icebergues, adquirem uma aparência alargada e elevada, similar aos "castelos de contos de fadas".

Os efeitos Fata Morgana costumam ser visíveis de manhã, depois de uma noite fria.

20090206

Endlessly

There's a part of me you'll never know
The only thing I'll never show

Hopelessly I'll love you endlessly
Hopelessly I'll give you everything
But I won't give you up
I won't let you down
And I won't leave you falling
If the moment ever comes

It's plain to see it's trying to speak
Cherished dreams forever asleep
Hopelessly I'll love you endlessly
Hopelessly I'll give you everything
But I won't give you up
I won't let you down
And I won't leave you falling
If the moment ever comes

Hopelessly I'll love you endlessly
Hopelessly I'll give you everything
But I won't give you up
I won't let you down
And I won't leave you falling
But the moment never comes

Muse, Endlessly

O Interno Feminino


Gosto sobretudo de conhecer pessoas inteligentes.

Graças a um post sobre uma certa "epidemia de bissexualidade" que se vive por aí (no qual tive que dar a minha achega) conheci um blog. Já conhecia uma das autoras, ontem conheci outra.

Juntas, escrevem o Interno Feminino- e vale a pena visitar este blog- really really.

20090129

Fazer social

Fazer social é uma nova expressão que está a conhecer os primeiros passos do estrelato.

Para quem ainda não a usa porque, das duas uma, ou anda a estudar/trabalhar demasiado ou simplesmente nunca faz social, (em ambos os casos, é deprimente) aqui vai a definição:

- Conviver;
- Socializar (evitar ao máximo usar esta expressão brejeira. Impossível fazer social depois de surgir esta palavra a meio de uma conversa, e depois ninguém faz o amor).

20090127

Teorias

a modos que ando a estudar...
uma das teorias que me foi apresentada numa das aula foi esta:

A caminho da “coisificação”:

-O conhecimento está armazenado na cabeça das pessoas,
-Em forte medida as pessoas não são capazes de explicitar esse conhecimento,
-O qual para ser devidamente aproveitado, tem de ser retirado das suas cabeças


será que sou só eu que estou cansada, ou isto é mesmo "parvificação"?

20090120

Um dia histórico!

Finalmente!

Depois de tanto tempo à espera...


Troquei a minha box da vodafone que sempre me garantiram que era temporária mas que durou mais tempo do que esperava...
... por um router wireless a 24 megas que me garantiram não vai dar metade dos problemas do passado, a não se que sofra um ataque de hackers mal intencionados...

20090116

obey

Hoje estava no Marquês de Pombal e passou um autocarro enquanto esperava para passar a estrada. 
Olhei para o sítio onde costuma estar o destino, casualmente. 
Lá escrito estava "Visite o Museu da Carris". 
Olhei à volta. 

De repente senti-me no "They Live" do John Carpenter.
Mas vão à mesma visitar o museu. Deve valer a pena.

20090115

se eu tivesse um coração...

Enquanto não há nada de novo dos The Knife...



... há o álbum a solo de metade dos The Knife, aka Fever Ray.

"If I had a heart" é das músicas mais deliciosamente sombrias que ouvi ultimamente.

20090114

e que tal de vez em quando guardar as opiniões?

Era mesmo de uma guerra destas que nós precisávamos!
Um destes dias vamos muito bem a andar na rua e sem dar por ela levamos com um balázio na cabeça... tudo por causa de uma afirmação ignorante, estúpida e infeliz... enfim...
tenho dito!

20090113

Shattered as belief...

Já aconteceu outras vezes.

E continua a acontecer.

E continua a chocar-me.

De vez em quando chegam-nos notícias de alguém que resolveu acabar com a própria vida. Não tem que ser alguém chegado. Não tem que ser o teu melhor amigo. Pode ser apenas um conhecido.

Mas de novo, fiquei chocado.

Nem sequer o conhecia bem. Devo ter estado no mesmo sítio que ele pouquíssimas vezes, e cumprimentei-o em metade dessas vezes. Mas saber que um puto tão novo resolveu que já não valia a pena ainda revolta.

Revolta porque é este o sítio onde vivemos, inóspito, cruel, selvático, e nem damos por ela o quanto magoamos as pessoas que nos rodeiam porque estamos demasiado ocupados a olhar para o nosso umbigo.

E se não te enquadras, se não consegues lidar, por vezes o fim parece ser a única solução para acabar com a dor, simplesmente acabar porque nada pode ser melhor do que a calma do fim.

Puto, num outro mundo, numa outra vida, num outro tempo, as coisas poderiam ser tão melhores, mas parece que ainda andamos todos tão ocupados com o nosso mundinho que não conseguimos ver o espectro no seu todo.

Nada deve acabar assim, tão antes do tempo.

20090104

MMIX (out of control?)

Gosto do facto de dois mil e nove em romano ser MMIX.
A passagem de ano foi muito boa. Primeira festa que dei em minha casa, com alguns dos meus amigos mais chegados.
Depois é um mix de coisas, estamos bem mas afinal estamos mal e nunca se sabe bem como se está.
Fica a dúvida.