20090113

Shattered as belief...

Já aconteceu outras vezes.

E continua a acontecer.

E continua a chocar-me.

De vez em quando chegam-nos notícias de alguém que resolveu acabar com a própria vida. Não tem que ser alguém chegado. Não tem que ser o teu melhor amigo. Pode ser apenas um conhecido.

Mas de novo, fiquei chocado.

Nem sequer o conhecia bem. Devo ter estado no mesmo sítio que ele pouquíssimas vezes, e cumprimentei-o em metade dessas vezes. Mas saber que um puto tão novo resolveu que já não valia a pena ainda revolta.

Revolta porque é este o sítio onde vivemos, inóspito, cruel, selvático, e nem damos por ela o quanto magoamos as pessoas que nos rodeiam porque estamos demasiado ocupados a olhar para o nosso umbigo.

E se não te enquadras, se não consegues lidar, por vezes o fim parece ser a única solução para acabar com a dor, simplesmente acabar porque nada pode ser melhor do que a calma do fim.

Puto, num outro mundo, numa outra vida, num outro tempo, as coisas poderiam ser tão melhores, mas parece que ainda andamos todos tão ocupados com o nosso mundinho que não conseguimos ver o espectro no seu todo.

Nada deve acabar assim, tão antes do tempo.

1 comentário:

Morgana disse...

faço do estado de choque do Morgan o meu também...